sexta-feira, 2 de março de 2012

Na espreita - parte um

     Era bem tarde da noite, quando chegou em frente ao portão de sua casa. Fora a uma Convenção de classe, sem ser convidado, claro. Tinha que ver com seus próprios olhos aquilo em que não quis acreditar a sua vida inteira: a verdade nua e crua. Pensava estar sozinho no mundo com a realidade que trancara em sua casa.
     Olhou atentamente para os lados certificando-se de que ninguém o seguia. Destravou o portão e entrou tão silenciosamente que não se podia ouvir sequer sua respiração. Ainda tinha que alcançar a porta e para ele era uma tarefa perigosa. 
     O caminho até a porta era curto, porém cheio de impecilhos como pequenos galhos e folhas secas caídos das duas árvores cujas copas formavam um arco, tal como duas pessoas de mãos dadas numa brincadeira infantil. Por sorte, as luzes da via pública estavam apagadas, o que dificultaria que algum curioso o visse de fato.Tinha medo de chamar a atenção de alguém ou alguma coisa. 
     Praticamente andando nas pontas dos pés chegou à porta e entrou. Jogou-se no sofá improvisado por grandes almofadas e respirou fundo, mas não aliviado. Havia muito o que fazer, seu dia ainda não terminara. Afastou as recordações do que vira e ouvira naquela noite; mais tarde tentaria se concentrar e colocar tudo na "ponta do lápis". Precisava se preparar mesmo sem saber para o quê. Mas, tinha plena convicção de que as coisas não seriam mais como antes.
     Após alguns segundos, levantou-se e olhando com cautela a sua volta, dirigiu-se para o fundo. A casa, por fora, parecia simples. No entanto, em seu interior, não havia nada de comum. Mesmo que sem exageros, ela parecia estranha ao primeiro olhar. Ele já estava acostumado com a aparência. Somente com a aparência. O restante o atormentava. De qualquer forma não tinha como fugir de sua missão. Estava no seu sangue.

                                 ...continua...

Um comentário:

  1. ...continua...
    já anotei, sou sempre estar por aqui para ver a continuação.acabei de me cadastrar no seu blog e gostaria de voncidá-la para visitar o meu.
    vou ficar feliz.
    http://blogdabeteorquideas.blogspot.com/
    abraços

    ResponderExcluir

Olá! É muito importante, para mim, a sua opinião! Deixe seu comentário e tenha uma ótima semana!

Neste blog

Ocorreu um erro neste gadget