quarta-feira, 6 de junho de 2012

Eu que fiz!


Com gostinho de feijoada!

Olá, amigas e amigos!
Todos já perceberam que o feijão 'carioca' está com o preço pela 'hora da morte'. Onde já se viu custar tão caro! É fato, também, que o feijão preto está mais barato. Até quando não se sabe. Sabemos somente que tudo é possível: subir, baixar só por que o outro está subindo ou baixando. Mas, enquanto ele está notoriamente mais barato, vamos consumi-lo. 
Eu, por mim, não tenho problema nenhum com o feijão preto. Há algumas pessoas que o associam apenas à feijoada. Imagina!
"Em casa de mamãe e papai' comi feijão preto até os 22 anos de idade. Era só feijão preto. Do outro ,apenas quando eu ia à casa de minha madrinha Dulce ou de uma amiga de escola, a Neine. Do contrário, só feijão preto. 
Tudo mudou quando engravidei da minha Iaiá e comecei a ficar enjoada com o cheiro do feijão que sempre levava como tempero um pedaço de pé-de-porco, ou carne seca, por exemplo. Mas, era pouco, só para dar sabor. Com o meu enjôo, mudamos para o outro feijão, o carioca. E continuou como opção contínua, pois, encontrava-se ao longo de duas décadas, a partir daí, mais barato que o 'preto'. ( Dá para saber a minha idade atual???) E agora, uau, as coisas se inverteram!
É óbvio que tenho comprado somente o feijão preto. Só que meu marido reclamou que estava sem gosto, insonso. Levando em consideração que o tempero usado por mim é o mesmo, percebi que o feijão preto exige um pouco mais de 'temperidade'.
Ora, não sou de exagerar no sal. E, hoje em dia, quem entende de 'cozinha' sabe que há diversas opções maravilhosas de temperos. Temperos charmosos, elegantes e deveras perfumados. Pois bem, se você ainda não acertou na sua temperidade no pretinho básico, logo abaixo uma receita que não vai pesar mais em suas gordurinhas. 
O coentro é uma maravilha no feijão, seja o preto ou o carioca. Aprendi com um amigo do Amazonas. Até então só usava em peixes e, hoje, uso até para temperar saladas. Há quem não goste dele, mas vale a pena experimentar.
Ontem servi este feijão na janta. Acompanhei arroz branco no alho, salada de legumes cozidos  e agrião, temperados com 'vinagrete só de cebola e cheiro verde'.  Hum, o vinagre de maçã é muito bom. Sempre pouco sal, não esqueçam!

Feijão preto com gostinho de feijoada:

01 kg de feijão preto
1/4 de orelha de porco salgada
02 'ripinhas' de costelinha de porco salgada (tamanho equivalente a sua mão fechada)
02 tomates maduros porém firmes
02 cebolas picadas grosseiramente
1/2 de pimentão (médio) picado
15 rodelas de mais ou menos 0,5 cm de calabresa defumada
01 pedaço pequeno de bacon picado ( pequeno mesmo é só tempero)
01 colher de sopa de óleo de soja
03 galhos de coentro bem picado
03 galhos de salsa bem picada
03 cebolinhas picadas miudinha
01 sache de tempero em pó próprio para feijão

Escolha e lave o feijão.
Lave a orelha e a costelinha em água corrente.
Ponha-os na panela de pressão e quando abrir fervura marque quarenta minutos e desligue.

Em outra panela, aqueça o óleo junte a linguiça e o bacon e deixe fritar por uns dois minutos. Acrescente a cebola, o pimentão e mexa. Deixe até que a cebola comece a amolecer. Junte os tomates e mexa. Deixe até que fique com característica de molho, que os tomates se desmanchem. 
Junte o feijão e as carnes já cozidos, misture e prove  para ver se há a necessidade de mais 'sal'. Muito provavelmente não precisará. Acrescente a salsa, a cebolinha e o coentro. Junte o sachê de tempero mexa bem e deixe apurando até que o caldo comece a engrossar. Desligue e sirva com arroz branco e salada verde.
Bom apetite!
Fica uma delícia!



Neste blog

Ocorreu um erro neste gadget